Oi! Estou compartilhando meus estudos de arte e arquitetura aqui no blog com vocês. 😀 Será uma série de posts, o link do guia está aqui.

O período Antigo

O período antigo vai desde a Antiguidade (entre século VIII a.C. e o século V d.C) até o final da Idade Média (entre os séculos V e XV).

Características desse período

  • Ênfase em questões técnicas
  • Arquitetura de interiores como atividade anônima
  • Valorização de superfícies e escassez de mobiliário
  • Forte relação entre decoração e poder relógios
  • Busca de interiores práticos e seguros
  • Uso de materiais naturais e técnicas artesanais

Estilos que compõem esse período
(em breve todos estarão com links)

Estilo Oriental | Estilo Mesopotâmico | Estilo Egípcio | Estilo Celta e Germânico | Estilo Fenício | Estilo Greco-Romano | Estilo Islâmico | Estilo Bizantino | Estilo Românico | Estilo Gótico | Estilo Mudéjar

O Estilo Mesopotâmico

Arte Mesopotâmica pode ser divida em quatro partes com estéticas diferentes, pois desenvolveu-se por muitos e muitos séculos. A arquitetura era a expressão artística mais notável da mesopotâmia, mas das outras artes, eram feitas esculturas de seres mitológicos, pinturas d caçadas, reis e deuses, produção de cerâmica e a fabricação de joias e ornamentos.

Arte Suméria

Iniciou 4000. a.C, a arte Suméria é comportada pela arquitetura, produção de Joias em ouro e prata, esculturas de cobre, cerâmicas, gravuras e selos.

A construção mais famosa é o templo zigurate, uma espécie e pirâmide. Na arquitetura, os materiais utilizados para construção eram o adobe, madeira e tijolo colorido para decoração. As fachadas com colunas possuíam decoração de lápis-lazúli, conchas e madrepérola, os padrões com as formas geométricas baseadas no cone e no cilindro.

Arte Assíria

Com seu auge em 1000 a.C, a arte Assíria possua as mesmas características da arte Suméria, exceto pelas escultura enormes de demónios guardiões.

Arte Babilônica

Aproximadamente em 612 a.C, a arte babilônica utilizava tijolos vidrado e esmaltados coloridos para decoração.

Arte Persa

A arte persa criava criaturas míticas e fantásticas, como figuras com cabeças humanas e corpos de leão, touro e águia, estas esculturas eram modeladas com argila e mármore. A Arquitetura Persa era envolta as sedas e tapeçarias, palácios monumentais, colunas estriadas – e muitas vezes com animais, revestimentos de ladrilhos esmaltados em cores vivas. Era utilizados o bronze, prata e ouro nas construções.

Arte Mesopotâmia & Arquitetura

A arte mais notável desenvolvida pelos mesopotâmios era a arquitetura. Esta caracterizada pelo exibicionismo e pelo luxo de seus templos e palácios. As construções eram de tijolos, ladrilhos e argila, pois a pedra era escassa na região. os tijolos coloridos – e esmaltados, os padrões geométricos e as tapeçarias coloridas sintetizam bem a arquitetura mesopotâmia.

Influência da arte Mesopotâmia na Arquitetura e Design de Interiores Contemporânea

Referências

História da Arte, Arte na Antiguidade, História da Arte II, Introdução à Arquitetura de Interiores – Antonio Castelnou, Arte Mesopotâmia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s