O Deserto do Atacama foi minha primeira viagem internacional, então antes de ir, eu dei alguns pequenos surtos por não saber nem por onde começar. Vou sintetizar aqui as coisas mais importantes e já digo: Não surte. Tudo é muito simples e fácil por lá.

01. Quando ir: Eu fui em Novembro de 2019. Em janeiro e fevereiro acontece o fenômeno chamado “inverno altiplânico”, ou seja, é a época que pode ocorrer chuvas por lá. Evite esses meses.

02. Roupas: Leve roupas de frio e de calor. Não esqueça de luvas e toucas. De manhã, estará muito frio. De tarde, muito quente.

03 Como ir: Não existe voo direto para o Atacama, então você vai precisar pegar um voo para Santiago e depois um para a cidade de Calama. Em Calama, você vai pegar um transfer (um ônibus/van) para São Pedro do Atacama. Esse caminho é de 1hora, mais ou menos. E você não precisa surtar em comprar antecipado. Quando você sai do seu voô existem milhões de empresas oferecendo o serviço. O preço e (1000CLP?). Compre ida e volta para ganhar desconto.

04. Quanto custa? O que achei mais caro nessa viagem foi a passagem, como já era de se imaginar, e os passeios para visitar os locais do Atacama, que você precisa pagar agências para te levar. Esse pacote turístico sai bem carinho, quase o valor do voo. De resto, o Atacama é muito barato. A comida é farta, há locais baratos para ficar (eu fiquei em um airbnb muito bom e baratíssimo). Com 4 mil reais dá para ir e aproveitar o Atacama (sem luxo)

05. Não fala espanhol? Isso não é bom, mas também não é o fim do mundo. Se arranhar um portunhol já será o suficiente para se virar pelo Atacama, a cidade é turística e recebe muitos Brasileiros e eles estão preparos pra isso. Sendo assim, muitas pessoas falam português por lá, ou ao menos entendem. – Já em Santiago você vai sofrer um pouco mais.

06. Internet: Eu comprei um chip da de uma operadora do chile no aeroporto. Foi bem carinho, uns 60 reais, mas durou a viagem toda e funcionou direitinho sem problemas. Lá vendia chip da claro também, mas eles falaram que o sinal era ruim.

07. Remédios: É obrigatório pra sua viagem levar um neosoro (ou qualquer coisa que molhe seu nariz), protetor labial, protetor solar e remédio pra dor de cabeça. O atacama é o deserto mais alto do mundo, e a altitude vai ressecar seu nariz e boca até sangrar.

08. Câmbio: Não faça câmbio no Brasil. Ao chegar no aeroporto, faça um pequeno câmbio lá só para pagar o transfer (isso se já não estiver pago) e emergências. Faça todo seu câmbio no atacama e vá em todas as casas de câmbio, pois o valor varia MUITO.

Todos os Posts sobre o Atacama

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s